AO VIVO

sexta-feira, 4 de julho de 2014

Tiraram o Escorpião do Bolso


Já era hora… Mas enfim, o escorpião saiu do bolso. Uma temporada ruim, obrigou aos dirigentes do Manchester United a meter a mão na carteira. Desde os tempos de Sir Alex Ferguson, os fãs do Manchester reclamavam das poucas contratações. Nada de jogadores protagonistas, somente pra compor elenco. Última grande contratação do Manchester de impacto foi Robin van Persie. Com o mercado inflacionado, bom jogadores se tornam craques pelo valor da transferência. Um grande exemplo é Fellaini, que custou uma bela grana aos cofres dos Diabos Vermelhos mas dentro de campo, como costumo dizer, não se pagou. Desta vez parece que o Manchester não quer repetir os erros de temporadas passadas. A idéia é não deixar o elenco ficar defasado, porque senão vai acontecer a mesma coisa que está acontecendo neste momento, ter que gastar muito para rejuvenecer o elenco.

As contratações até aqui, foram nas posições que estavam faltando peças. Na lateral esquerda, o United trouxe o promissor lateral Luke Shaw, do Southamptom. A negociação girou em torno de 30 milhões de libras. Como já citei acima, o mercado inflacionado faz com que jogadores ainda em formação, como é o caso de Luke, terem preços de craques. Mas neste caso, aos 19 anos, Shaw será lateral pra 10 anos, claro, se não vier um Real Madrid da vida com um caminhão de dinheiro querendo levar ele. Com toda certeza, Luke vai “se pagar”. Esse “se pagar” que eu falo, não é em forma de dinheiro, mas sim, com boas atuações, títulos e a volta a Liga dos Campeões da Europa. Dentro de campo o bom jogador, faz o seu valor monetário ser o menor dos problemas. Claro que nunca é bom sair gastando uma grana preta dessa, mas a necessidade obrigou o Manchester a abrir a carteira.

Em relação a Ander Herrera, achei o valor de 36 Milhões de Libras, exagerado. Com boas atuações, ele possa corresponder ao investimento feito. Ander é um desejo antigo da diretoria do Manchester. Na temporada passada, no apagar das luzes da janela, o United tentou contratar o jogador basco, ou melhor, tentaram contratar ele para os Diabos Vermelhos. Aquela história não ficou bem contata, mas enfim… Nesta temporada, o Manchester conseguiu trazer Ander para Old Trafford. É outro jogador que chega pra suprir uma posição carente do elenco. Por fazer mais de uma função, Ander pode se encaixar perfeitamente na meia cancha Red Devil. Ele tanto pode fazer o trabalho de segundo volante, o box-to-box do futebol inglês, como pode ser um dos três da linhas de meias, acreditando que Louis van Gaal utilizará esse esquema. Mas ele tanto pode jogar aberto pela direita, como centralizado ou pela esquerda.
Como estamos vendo na Copa do Mundo, com a Seleção da Holanda, movimentação é o ponto forte dos times treinados por van Gaal. Ander tem essa movimentação intensa no seu futebol. Dá pra montar uma meiuca com Carrick, Ander, Januzaj, Mata e Rooney; com van Persie mais a frente. Mas aí dependeria dos laterais, que o van Gaal escalaria pra fazer os lados do campo. Luke Shaw é praticamente certo que será titular, ou fará um bom revezamento com Patrice Evra. O problema passa ser o lado direito, já que o United não tem um jogador pra ser dono da posição. Jones, Smalling e Rafael revezaram em vários jogos desta temporada que passou. Até Valencia chegou a passar pelo lado direito, quando o time estava atrás do placar. O fato é: Uma temporada ruim e um mercado defasado estão fazendo o Manchester gastar o que está gastando. Não é preciso jogar esse tanto de dinheiro de uma vez só na janela, mas aos poucos, tendo em vista a necessidade do elenco. Ferguson fez isso por muito tempo. Espero que a lição tenha sido aprendida.

Texto de Rodrigo de Oliveira