AO VIVO

quinta-feira, 23 de abril de 2015

Conhecidos os semifinalistas da Champions



Neste meio de semana, foram conhecido os semifinalistas da UEFA Champions League. Bayern de Munique, Barcelona, Real Madrid e Juventus.



Na terça-feira, o Bayern de Munique massacrou o FC do Porto. Na partida de ida, os portugueses venceram por 3-1 e instauraram uma grave crise no time da Baviera.
Confronto entre o técnico Pep Guardiola e o chefe do departamento médico. 
Mas o Bayern entrou determinado a reverter o placar. E o time da Baviera mostrou que, mesmo sem vários jogadores, ainda é o SUPER BAYERN. 
O time alemão não teve piedade dos portugueses, que também cheio de desfalques, foram goleados no primeiro tempo, por 5-0. A vantagem tão batalhada pelo Porto em 90 minutos, foi desmanchada em menos de 45 minutos.
No segundo tempo, o Porto foi pro tudo ou nada. Chegou a marcar com Jackson Martinez e criou uma expectativa nos torcedores do dragão. Faltavam dois gols para a classificação, mas Xabi Alonso acabou com a reação do Porto, ao marcar de falta o sexto gol do Bayern e fechar o caixão na Allianz-Arena. Desde que se tornou técnico, Pep Guardiola nunca foi eliminado antes da semifinal.

Em Barcelona, o Barça ampliou a vantagem da partida de ida e com dois gols de Neymar, garantiu mais uma semifinal para o time da Catalunha. Na partida de ida, com show de Suárez, o Barcelona venceu o Paris Saint-Germain por 3-1. A vantagem era praticamente irreversível, mas com a volta de Ibrahimovich e Verratti, os torcedores parisienses, mas Neymar acabou com a festa, marcando os dois gols do Barça ainda no primeiro tempo.
Não foi desta vez que o Paris conseguiu chegar a uma semifinal da UEFA Champions League.

Nos jogos da quarta-feira, o Real Madrid venceu o Atlético e garantiu sua vaga na semifinal. No Santiago Bernabèu, o Real Madrid queria acabar com a freguesia para o Atlético nesta temporada. O time de Ancelotti ainda não havia vencido os Colchoneros nesta temporada. Nos confrontos da Copa do Rey e da Liga das Estrelas.
O jogo foi muito equilibrado, mais uma vez. Do ataque BBC, apenas Cristiano Ronaldo estava em campo. Benzema e Bale, lesionados, ficaram de fora. Além desses dois, Modric também estava de fora por lesão e Marcelo por suspensão. 
Ancelotti montou o Madrid com Pepe na defesa e Ramos no meio campo. Mas foi um cara que está acostumado com o banco de reservas quem decidiu. Com o empate em 0-0 na partida de ida, o Atlético jogava por dois resultados, empate com gols e vitória simples. Mesmo o 0-0, ainda não eliminava o time de Simeone.
Quando tudo parecia que teríamos prorrogação, o eterno reserva Chicharito Hernandez marcou o gol da vitória do Real Madrid. Sem tempo para reação do Atlético, que tinha um jogador a menos, em função da expulsão de Arda Turan, na metade da segunda etapa.
E mais uma vez, na partida que mais importa na temporada, o Real Madrid vence o Atlético.

No Principado de Mônaco, a Juventus com seu pragmatismo, conseguiu segurar o time francês e colocar um time italiano na semifinal da Champions, depois de muito tempo. O último semifinalista italiano havia sido a Internazionale, naquele ano, 2009-10, sagrou-se campeão da maior competição de clubes do mundo.
Com a vantagem de 1-0 na partida de ida, a Juve foi para Mônaco para não correr riscos. E não correu. Allegri tem conseguido dar a experiencia, em competições europeias, que Antonio Conte não conseguiu dar. Juventus pagou micos consecutivos na Europa e essa chegada a semifinal, premia o trabalho que vem sendo feito lá em Turim. Desde a queda, a volta a elite do futebol italiano, a conquista do tri-campeonato italiano (tetra está a caminho).
E essa classificação da Juventus é muito importante para o futebol italiano. Até porque, o coeficiente da UEFA está em jogo e a possibilidade da Itália, nas próximas temporadas voltar a ter suas 4 vagas na maior competição de clubes do mundo.

O sorteio ocorre nesta sexta-feira, ás 7hs da manha.

Chaveamento em 2015-16: foi decidido que na próxima temporada, o chaveamento da fase de grupos da UEFA Champions League terá como cabeça de chave, os campeões nacionais, conforme ranking das ligas na UEFA.

Fotos: Uefa.com/ GettyImages