AO VIVO

terça-feira, 8 de abril de 2014

Chelsea e Real Madrid Passam as Semi-Finais da UEFA Champions League

Conhecemos hoje os dois primeiros semifinalistas da UEFA Champions League. Em Dortmund, o Real Madrid com a enorme vantagem do jogo de ida, 3-0, passou um grande sufoco contra os germânicos. Já no Stamford Bridge, tivemos remontada. O Chelsea, conseguiu reverter o resultado da partida de ida e avança a semi-final.


Borussia Dortmund x Real Madrid

No Signal-Induna Park, Borussia e Real Madrid se enfrentavam "apenas" para cumprir o carnet, como sugeriu um repórter ao entrevistar Klopp após o resultado da primeira partida. Mas o time aurinegro entrou com sangue nos olhos e com uma escalação completamente diferente da que normalmente utiliza na Champions e na Bundesliga. Já o Real Madrid, veio sem seu principal jogador. Cristiano Ronaldo começou no banco de reservas e lá terminou o jogo. Só seria usado em caso de extrema urgência. Bale e Benzema estavam incumbidos de resolver a parada para os merengues.

A missão iria ficar mais fácil, se aos 17' da etapa inicial, Angel Dí Maria tivesse feito de pênalti. Weidenfeller pegou e isso animou o time da casa.

Com apenas um volante, os aurinegros foram em busca do impossível. Após vacilo de Pepe, Marco Reus aproveitou, passou pelo goleiro Casillas e apenas colocou a bola pro fundo do gol, 1-0. Eram 24 minutos de jogo. O Signal-Induna Park explodiu em emoção e a torcida começou em empurrar ainda mais o time.

O Dortmund criou oportunidades para ampliar o marcador, mas somente na reta final do primeiro tempo, chegou ao segundo gol. Bate rebate dentro da área, Mkhitaryan finalizou na trave e Marco Reus marcou o segundo, aos 37'. O estádio que já estava contagiado com apenas 1-0, com o segundo gol dos aurinegros se tornou um verdadeiro caldeirão.

No segundo tempo a pressão dos aurinegros seguiu muito grande. Mkhitaryan teve a chance nos pés, ao driblar Iker Casillas e com o gol vazio finalizar a bola na trave. O estádio quase veio abaixo com essa chance desperdiçada pelo camisa 10 do Dortmund.

Na metade da etapa complementar, os aurinegros se jogaram pra cima do Real. Os espaços começaram a aparecer mas o time de Carlo Ancelotti não conseguiu matar o jogo e ficou sofrendo até o apito final de Damir Skomina

Palavras dos atores do espetáculo
"As pessoas não vão esquecer a nossa exibição rapidamente. Podíamos ter protagonizado uma das recuperações mais épicas na história do futebol."
Matts Hummels, zagueiro do BVB

"Talvez seja bom recebemos um alerta de vez em quando. Foi melhor ter acontecido hoje do que nos próximos jogos."
Iker Casillas, goleiro do Real Madrid

Ficha técnica:
dortmund

Dortmund

real madrid

Real Madrid

1Weidenfeller (GR) (C)1Casillas (GR) (C)
2M. Friedrich3Pepe
9R. Lewandowski4Ramos
Yellow Card27
10Mkhitaryan5Fábio Coentrão
11Reus
Goal24
Goal37
Yellow Card75
9Benzema
Substitution90+1
Yellow Card90+2
14Jojić11Bale
15Hummels14Xabi Alonso
Yellow Card31
19Grosskreutz
Yellow Card90+3
15Carvajal
Yellow Card68
21Kirch19Modrić
26Piszczek
Substitution81
22Di María
Penalty17
Substitution73
37Durm24Illarramendi
Substitution46
suplentes
20Langerak (GR)25Diego López (GR)
7J. Hofmann2Varane
Substitution90+1
17Aubameyang
Substitution81
Yellow Card82
7Ronaldo
18Nuri Şahin16Casemiro
Substitution73
Yellow Card83
23Schieber18Nacho
25Papastathopoulos21Morata
34Ducksch23Isco
Substitution46
Treinadores
Jürgen Klopp (GER)Carlo Ancelotti (ITA)
Árbitro
Damir Skomina (SVN)

ESTATÍSTICAS DOS JOGOS

Dortmund
Real Madrid
2
Golos marcados
0
51
Posse de bola(%)
49
12
Total de tentativas
10
6
Remates à baliza
5
6
Remates para fora
5
1
Remates defendidos
0
2
nos postes
0
4
Cantos
2
1
Foras-de-jogo
0
3
Cartões amarelos
5
0
Cartões Vermelhos
0
10
Faltas cometidas
10
10
Faltas sofridas
7
706
Passes tentados
692
530
Passes completos
518





















Já no Stamford Bridge, os novos ricos da Europa bateram de frente por um lugar na fase de semi-final da Champions. Com uma vantagem confortável construída no jogo de ida, os parisienses foram bem cautelosos para o jogo. Para os Blues era tudo ou nada. Mas nos primeiros minutos veio o baque. Hazard sentiu lesão e saiu para a entrada de Schurrle. Perder o principal jogador com menos de 15 minutos de jogo e precisando fazer gols para avançar, era um banho de água fria para os torcedores dos Blues.
Pra sorte do Chelsea, o alemão entrou muito bem no jogo. Criando chances e fazendo o mesmo papel que Hazard.

A grande chance do Chelsea na primeira etapa, foi em uma cobrança de falta de Lampard, pela esquerda que o goleiro Sirigu fez uma grande defesa. E essa foi a característica do primeiro tempo. Jogo de muita marcação e poucas chances de gol.

E foi de Schurrle o gol que abriu o marcador no Stamford Bridge. Já era 32 minutos quando saiu o gol dos Blues. Pra quem precisava de 2, o gol veio no momento certo.

No segundo tempo, o Chelsea se atirou pro ataque. Amassou o PSG em seu campo. Em menos de um minuto, os londrinos meteram duas bolas na trave do goleiro Sirigu. Na primeira, Schurrle foi que acertou a barra superior da trave. Na sequência, falta em Eto'o e Oscar foi que carimbou  o travessão.

Laurent Blanc começou a retrair seu time. Primeiro, Verratti saiu pra entrada de Cabaye. Saia um jogador jovem e entrava um mais experiente, com bom toque de bola e que está acostumado jogar em Stamford Bridge. Mourinho percebeu que Blanc estava lhe dando campo e foi pra cima dos parisienses. Lampard saiu e Demba Ba entrou. Dois atacantes de área e menos um volante. Se Blanc retraia seu time, Mourinho abria espaços para o contragolpe do PSG.

O DT do PSG resolveu tirar Lavezzi, uma das armas do contra ataque pela esquerda e quem mais incomodava o time de Mourinho. Aos 81', Mourinho lançou sua última arma ofensiva. Fernando Torres foi a campo no lugar de Oscar. Três centroavantes em campo para buscar o gol que daria a classificação ao Chelsea. Aos 87' o Stamford Bridge explodiu. Demba Ba, marcou o gol da classificação do Blues. Após lançamento, o senegalês fez o típico gol de camisa 9, com a canela, chute mascado. Mourinho saiu correndo e comemorou muito aquele gol, que coloca o Chelsea entre os quatro melhores da Europa.

Palavra do DT:  Experimentámos diversas tácticas no treino, por isso os jogadores sabiam o que fazer em cada situação. Demba Ba marcou um golo importante para nós. Merecemos o apuramento.
José Mourinho, DT do Chelsea

O nível das duas equipas foi muito elevado e muito renhido. Podíamos ter seguido em frente, mas infelizmente foi o Chelsea que conseguiu. Estamos muito desiludidos já que estivemos tão perto das meias-finais. Laurent Blanc, técnico do PSG




chelsea

Chelsea

paris

Paris

1Čech (GR)30Sirigu (GR)
2Ivanović
Yellow Card56
2Thiago Silva (C)
4David Luiz
Yellow Card82
8Thiago Motta
8Lampard
Yellow Card41
Substitution66
9Cavani
Yellow Card40
11Oscar
Substitution81
13Alex
17Hazard
Substitution18
14Matuidi
22Willian
Yellow Card24
17Maxwell
Yellow Card79
24Cahill22Lavezzi
Substitution73
26Terry (C)24Verratti
Yellow Card27
Substitution55
28Azpilicueta26Jallet
29Eto'o29Lucas
Yellow Card52
Substitution85
suplentes
23Schwarzer (GR)1Douchez (GR)
3A. Cole4Cabaye
Substitution55
9Torres
Substitution81
5Marquinhos
Substitution85
12Mikel7Ménez
14Schürrle
Substitution18
Goal32
21Digne
19Ba
Substitution66
Goal87
23Van der Wiel
33Kalas27Pastore
Substitution73
Treinadores
José Mourinho (POR)Laurent Blanc (FRA)
Árbitro
Pedro Proença (POR)


fotos e estatísticas: site da Uefa


ESTATÍSTICAS DOS JOGOS

Chelsea
Paris
2
Golos marcados
0
54
Posse de bola(%)
46
16
Total de tentativas
13
10
Remates à baliza
6
6
Remates para fora
7
5
Remates defendidos
2
2
nos postes
0
4
Cantos
4
0
Foras-de-jogo
6
4
Cartões amarelos
4
0
Cartões Vermelhos
0
18
Faltas cometidas
11
10
Faltas sofridas
18
542
Passes tentados
516
392
Passes completos
375